3 de setembro de 2009

um lendo o outro

um lendo o outro com olhos de mar
um vendo o outro com olhos de chuva
um sentindo o outro com olhos de vento
um sorrindo o outro com olhos de verão
um bebendo o outro com olhos de fogo
um respirando o outro com olhos de mundo

"um lendo o outro"

um sabendo o outro com olhos de minúcia
no silêncio precioso de ler e ser lido

4 comentários:

  1. ô carlinha, hein! que poesia mais linda essa que tu fez.
    amei.

    ResponderExcluir
  2. Bah, que legal que gostou. Valeu, Mari. Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Lindo, Carla! Esse poema parece que tava só me esperando para lê-lo...precisava destas palavras pra entender, um pouco, minhas idiosincrasias de hoje.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Que alegria saber, Orides! Beijos

    ResponderExcluir