23 de outubro de 2010

Segue?

Qual a tua estação?
não importa, o trem não para pra ninguém
estamos todos nele e vamos para o mesmo lugar
todos sabemos fingindo não acreditar
esta viagem não tem volta nem retorno
doença da solidão, do coração, da cabeça
sacolejando vagões adentro, rangendo, nós vamos
vagões lotados de sofrimentos particulares
emanam desespero coletivo
enquanto o trem segue
o caminho dos trilhos é concreto, exato
o trem apenas segue
a humanidade é que descarrilou

Um comentário:

  1. Segue(?)... a dúvida: quem há de guiar o trem se não se sabe pra onde ir?

    Presos em nossos universos-in, quem está atento ao universo-all?

    Escrito para reflexão!

    Adoro! "Quatro mãos"

    ResponderExcluir