28 de dezembro de 2012

Desabafo

que bom que és real
que bom que me encontraste a tempo
há tempo pra tudo, amor
há tempo pra nós
há tempo pra todos

que se encontrem, então
que sejam felizes os que não entenderam
que compreendam de vez o que aconteceu
entre paredes desacreditadas

que saibam, enfim
do que é capaz
o amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário