26 de janeiro de 2015

dança da solidão

nunca uma certeza doeu 
tanto até que nos acostumemos
à dança da solidão parece que será
assim mesmo no compasso de uma
doce melodia que um dia precisou
terminar tudo no tempo certo do
amor nada nunca terá sido em
vão nem essa dança

Nenhum comentário:

Postar um comentário